Todo cuidado é pouco quando toda vida importa

Correr para embarcar em trens quando as portas já estão se fechando, reter portas automáticas que não possuem sensores, desrespeitar a distância de segurança demarcada pela faixa amarela nas plataformas. Essas ações obviamente bastante perigosas são infelizmente recorrentes entre os passageiros da SuperVia, e Nós da Comunicação fomos chamados pela concessionária de trens urbanos do Rio de Janeiro para desenvolver uma campanha de conscientização com o objetivo de reduzir os comportamentos de risco e os acidentes nos embarques e desembarques.

A primeira ação da campanha foi a realização de uma pesquisa qualitativa inédita, com o objetivo de identificar o que leva os passageiros dos trens a cometerem tais imprudências, mesmo sabendo dos riscos de acidentes graves. O estudo, desenvolvido com a consultoria do psicólogo e designer de atitudes Lisandro Gaertner, investigou quais são os gatilhos psicológicos que levam ao desrespeito às normas de segurança, e serviu como base para o desenvolvimento da campanha criada pela Nós da Comunicação, lançada no dia 21 de novembro.

“Existe uma perigosa cultura de desrespeito às normas de segurança, que precisa ser discutida e extinta, em nome da segurança de todos. Estamos tentando mostrar para os passageiros, de forma clara e impactante, que ninguém está imune a acidentes que podem, infelizmente, culminar em mortes ou em graves danos à saúde das pessoas”, explicou Ninah Shnaiderman, coordenadora de Marketing da SuperVia.

A campanha conta com adesivação dos trens, ambientação das estações e plataformas, spot de rádio, publicidade nas TVs dos trens e redes sociais, além de um quiz em parceria com a multiplataforma de entretenimento BuzzFeed.

Internamente, a campanha também busca sensibilizar e engajar os mais de 2.440 funcionários da SuperVia com a temática do cuidado. E são alguns deles que protagonizam uma série de vídeos, com mensagens de cuidado e atenção à vida dirigidas aos passageiros. Veja aqui.

Best Não Tão Seller: um blog que amamos

Você já leu um livro tão sensacional que quis papear sobre ele, com um desconhecido, na fila do supermercado? Já comprou mais livros do que seria capaz de ler no ano? Já fez...

O mundo do trabalho e o profissional do futuro

Artigo da Fortune sobre as tendências que vão moldar o futuro profissional revela que a natureza de como o trabalho é feito está mudando rapidamente. Em meio à chamada Quarta...

Empreender com criatividade, determinação e afeto

Reinvenção. Esse talvez seja o grande aprendizado da pandemia e do contexto de hipercrise que ainda não sabemos quanto tempo irá durar. Enquanto muitos empreendimentos...