Nós precisamos de uma web melhor

Em março de 2019, a World Wide Web completa 30 anos com grandes desafios. Enquanto metade da população mundial ainda não está on-line, para a outra metade os inegáveis benefícios da web parecem vir com muitos riscos inaceitáveis: a nossa privacidade, a nossa democracia, e até mesmo a nossa saúde mental.

No início de novembro, durante o Web Summit, em Lisboa, Tim Berners-Lee lançou uma Carta Magna para a Web, uma tábua de direitos e deveres. Berners-Lee, inventor da World Wide Web, pede que usuários, governos e empresas se comprometam com uma série de princípios.

Governos devem:

garantir acesso à internet para todos, sem restringir nenhum ambiente online, respeitando o direito à privacidade.

Companhias devem:

fazer com que seja possível acessar a rede a preço justo; respeitar privacidade e dados pessoais; desenvolver tecnologias que estimulem os melhores aspectos da humanidade e desafiem os piores.

Cidadãos devem:

criar e colaborar com conteúdo para a web; construir comunidades fortes nas quais a dignidade humana e a civilidade imperem; lutar por uma web aberta.

nós? O que podemos fazer #fortheweb?

 

Novas tecnologias vão afetar sua vida mais rápido do que você pensa

Por Mauricio Bacellar Fui este ano pela primeira vez ao Web Summit, em Lisboa, e o evento é daqueles que todo mundo deveria ir pelo menos uma vez. Afinal, as novas tecnologias...

Dias de luta, dias de glórias

Uma luta por igualdade. Uma luta por aceitação. Uma luta por direitos iguais. Lutas que resultaram em importantes conquistas.   Desde sempre, a história dos...

Diversidade na publicidade: será?

Tema amplamente discutido pela sociedade atualmente, a diversidade chegou à publicidade. Além de mostrar representatividade, as marcas buscam dar voz e visibilidade às minorias...