Nós precisamos de uma web melhor

Em março de 2019, a World Wide Web completa 30 anos com grandes desafios. Enquanto metade da população mundial ainda não está on-line, para a outra metade os inegáveis benefícios da web parecem vir com muitos riscos inaceitáveis: a nossa privacidade, a nossa democracia, e até mesmo a nossa saúde mental.

No início de novembro, durante o Web Summit, em Lisboa, Tim Berners-Lee lançou uma Carta Magna para a Web, uma tábua de direitos e deveres. Berners-Lee, inventor da World Wide Web, pede que usuários, governos e empresas se comprometam com uma série de princípios.

Governos devem:

garantir acesso à internet para todos, sem restringir nenhum ambiente online, respeitando o direito à privacidade.

Companhias devem:

fazer com que seja possível acessar a rede a preço justo; respeitar privacidade e dados pessoais; desenvolver tecnologias que estimulem os melhores aspectos da humanidade e desafiem os piores.

Cidadãos devem:

criar e colaborar com conteúdo para a web; construir comunidades fortes nas quais a dignidade humana e a civilidade imperem; lutar por uma web aberta.

nós? O que podemos fazer #fortheweb?

 

Todo cuidado é pouco quando toda vida importa

Correr para embarcar em trens quando as portas já estão se fechando, reter portas automáticas que não possuem sensores, desrespeitar a distância de segurança demarcada pela...

Crônicas da rica diversidade humana

A ideia original desse texto era selecionar algumas séries e filmes que abordassem a cultura LGBT+ e retratassem personagens desse universo, seus problemas, desejos, conflitos e...

Por uma cultura de Integridade e Compliance

O número de CEOs (executivos-chefes) que deixaram seus cargos por causa de desvios éticos na empresa cresceu 36% nos últimos cinco anos em todo o mundo. De acordo com a...