70 ANOS EM DEFESA DA VIDA

Em 10 de dezembro de 1948, a Organização das Nações Unidas promulgava a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Como afirma matéria especial na página do Senado Federal, “era uma resposta imediata às atrocidades cometidas nas duas guerras mundiais, mas não só isso. Era o estabelecimento de um ideário arduamente construído durante pelo menos 2.500 anos visando a garantir para qualquer ser humano, em qualquer país e sob quaisquer circunstâncias, condições mínimas de sobrevivência e crescimento em ambiente de respeito e paz, igualdade e liberdade”.

Seus 30 artigos compõem a base de todas as leis contemporâneas que defendem os direitos essenciais de todo o ser humano, como o direito à vida, à integridade física, à livre expressão e à associação, sem qualquer distinção de raça, cor, sexo, religião ou visão política.

Um projeto incrível, e que Nós adoramos, é o do coletivo Mutirão –  Direitos Humanos 70 anos –, que ilustra a Declaração Universal dos Direitos Humanos pelas mãos de 30 artistas de todo país: 30 artistas, 30 cartazes, 30 direitos. Confira no site www.direitoshumanos70anos.com ou no Instragram @mutiraorecife.

7 livros sobre sustentabilidade nas organizações

Sustentabilidade é um valor relevante para todas as empresas. E não se trata apenas da preservação do meio ambiente, do que é consumido pelos seus clientes ou produzido pela...

Solidariedade para um mundo melhor

Apesar da rotina atribulada, Queila Hauschild, executiva de contas da Nós da Comunicação, vem encontrando tempo livre para modificar a vida dos outros, a sua e fazer a...

Empreender com criatividade, determinação e afeto

Reinvenção. Esse talvez seja o grande aprendizado da pandemia e do contexto de hipercrise que ainda não sabemos quanto tempo irá durar. Enquanto muitos empreendimentos...